Um mergulho nas histórias

Abrimos bem olhos, fechamos o fechiinho da boca e enrolamos o cabelo atrás das orelhas para nada nos escapar.

Era uma vez… e o mundo mágico das histórias leva-nos para lugares remotos, onde tudo pode acontecer :  viajamos, sonhamos , saboreamos, vivenciamos e   flutuamos algures por aí, até que o Vitória, Vitória acabou-se a história  nos puxa para o mundo real.Cada vez que vamos ate lá- ao mundo da fantasia-  vimos mais cheios e mais sábios.

“O contador de histórias , é um mediador entre o nosso mundo conhecido e o desconhecido. Viaja pela comunidade de dragões e fadas, anjos, com as bestas mágicas e míticas. Com deuses e deusas, os heróis e os demónios.
Expressam-se acima deste mundo, passam livremente de um mundo para o outro, e ajudam-nos a experimentar outros reinos.
Também são invocadores de poderes elementares, dos poderes da transformação. Podem mostrar-nos que como confrontar nossos medos, como experimentar êxtase ou nos trazer a cara à cara com morte ou terror do espírito – com o infinito e incompreensível.
O contador de histórias vive e comunica o poder, o significado e a realidade do mito a uma profundidade que não possa ser apreciada até que experimentada. E a experiência é a palavra crucial aqui. É a  experiência da palavra  que nos  conduz,quando a história vem do interior.”

Jamie Sams

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *