O caçador de Nhecnhecs

Era uma vez um menino magrelas, franzino, pernalta que sonhava ser caçador de Nhecnhecs… Quando lhe perguntavam na Escola:

-O que queres ser quando fores grande?Logo ele respondia com o maior sorriso do mundo.-Caçador de Nhecnhecs

Era a risada total, até a professora tinha de esboçar um sorrido meio escondido.E por mais que se rissem, que o tentassem demover de tal ideia, seria muito mais lógico ser jogador de futebol, médico, bombeiro ou até professor… Mas Caçador de Nhecnhecs? Por favor! que ideia mais disparatada.Mas pensam que alguém lhe perguntou quem eram os Nhecnhecs?Não! Achavam ridículo, absurdo, até olhavam para ele de lado, mas ter a curiosidade de lhe perguntar ? Nada!Um dia, andava ele a caçar Nhecnhecs com uma caixa de fósforos e com um enorme sorriso no rosto, quando chegou junto dele uma menina roliça e de frannjinha.

-Posso caçar Nhecnhecs contigo?O menino primeiro estranhou, ela não se rira dele, não estava a achar nada estranho e ainda lhe disse :

– Olha! Olha! Está ali um Nhecnhec! Este é verde , tão redondinho e fofinho!O menino arregalou os olhos, abriu a boca de espanto e quase que caiu das pernas abaixo!Então! tinham lhe dito que os Nhecnhecs eram coisas impossíveis de alcançar de ver e agora está menina também dizia que via Nhecnhecs?Quem seria ela? Pensava para os seus botões!Mas a menina estava tão entusiasmada que lhe gritava eufórica.

-Olha,! Está ali uma família completa e são azuis, cor do mar, são tão lindos! Anda vamos ali dar lhe uns abraços.A menina puxou – o pela mão e ele percebeu que não precisava de os caçar, bastava abraçá-los , para sentir que as coisas impossíveis podem tornar- se possíveis de alcançar. E foi assim que o menino se tornou abraçador de Nhecnhecs….Sempre que alguém te puxar para abraçar o impossível vai! Não olhes para trás.

Vanda Furtado Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *