Aprender com os contos de fadas

 

Os Contos de Fadas são a inspiração para as minhas histórias.

Vou sempre buscar algo da sua estrutura, para o enredo das histórias, pois como diz a psicóloga Brasileira Fanny Abramovich: “(…) Os contos de fadas existem há milénios, em diversas culturas, em todos os continentes existem histórias com estruturas e narrativas semelhantes aos contos que conhecemos. (…) Apenas para citar um exemplo: A história da Cinderela, tem um registo de narrativa muito semelhante à sua, na China do séc.. IX d.c.”. Esta  versão chinesa é tirada de “Yuyang Tsatsu”, um livro de mágia e contos sobrenaturais e de fundo histórico

Elementos que estruturam um conto de Fadas:
– Situação Inicial;
– Conflito;
– Antagonismos ou elementos do malévolo;
– Herói /heroína;
– Objeto Mágico;
– O Motivo;
– Resolução dos conflitos / Final.

Estes contos são muito simbólicos e respondem ao universo da criança:
– Era uma vez…
– Num Reino Encantado…
– Há muitos, muitos anos…
– Num lugar distante…

Com esta narrativa temos um princípio, um meio e um fim, ficando assim a criança a perceber a existência de uma tipologia que não é sua, ela é inteiramente pertencente a um mundo imaginário.

Vanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *